quarta-feira, 16 de março de 2011

Viver a vida!!!


A nossa história de vida pode um dia ser contada a alguém e isso pode levar apenas alguns minutos... de alguns até algumas horas... mas o que importa é que para isso precisamos construíla e vive-la dia após dia, ao longo de toda a nossa vida...

É com cada detalhe, cada emoção, cada atitude, cada dia, que montamos e damos vida á nossa história!!!

Por isso devemos viver a vida, mas não simplismente vive-la, devemos dar vida á vida!!!!

Beijos

Clarinha.



Morre lentamente quem não troca de idéias, não troca de discurso, evita as próprias contradições.

Morre lentamente quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e as mesmas compras no supermercado. Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova, não dá papo para quem não conhece.

Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru e seu parceiro diário. Muitos não podem comprar um livro ou uma entrada de cinema, mas muitos podem, e ainda assim alienam-se diante de um tubo de imagens que traz informação e entretenimento, mas que não deveria, mesmo com apenas 14 polegadas, ocupar tanto espaço em uma vida.

Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos nos is a um turbilhão de emoções indomáveis, justamente as que resgatam brilho nos olhos, sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não acha graça de si mesmo.

Morre lentamente quem destrói seu amor-próprio. Pode ser depressão, que é doença séria e requer ajuda profissional. Então fenece a cada dia quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem não trabalha e quem não estuda, e na maioria das vezes isso não é opção e, sim, destino: então um governo omisso pode matar lentamente uma boa parcela da população.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe. Morre muita gente lentamente, e esta é a morte mais ingrata e traiçoeira, pois quando ela se aproxima de verdade, aí já estamos muito destreinados para percorrer o pouco tempo restante. Que amanhã, portanto, demore muito para ser o nosso dia. Já que não podemos evitar um final repentino, que ao menos evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar.

Martha Madeiros

7 comentários:

Wanderley Elian Lima disse... [Responder]

Viver não é simplesmente estar respirando. viver e entregar-se à vida plenamente e deixar fluir todas as emoções.
Bjux

..."re"... disse... [Responder]

Penso que não devemos deixar que as circunstâncias da vida nos automatizem ou nos tornem máquinas com um prazo de validade bastante curto.

Temos de dar uso aos sonhos, aos sentimentos e aos pensamentos.

As vezes precisamos abrir um pouquinho a janela e deixar que o raio do SOL penetre em nosso coração, para nos alimentar de esperança, alegria, e principalmente vontade de viver...

Não conseguimos viver alegres o tempo todo e dizer que tudo está certo.

As vezes até os mais sabios erram, porque nós não podemos ficar triste se somos seres humanos...

Bacio affetuosso...

Sonhadora disse... [Responder]

Minha querida

Hoje apenas passando pra oferecer o meu selinho de 500 seguidores...feito com o carinho de todos que me seguem.

Beijinhos
Sonhadora

Lilá(s) disse... [Responder]

Adoreo o post, vamos então dar vida á vida e viv~e-la cada dia melhor.
Bjs

Graça Pereira disse... [Responder]

É isso minha querida! Há muita gente que está viva mas...não tem, VIDA!
Estou a criar novas espectativas para a Primavera que está chegando. Nada repetitivo ao que fiz num Inverno demasiado extenso, frio e cinzento.
Talvez por dia, em mim, eu viva as quatro estações mas garanto que nada é igual a cada hora.
A monotonia cansa-me... as andorinhas, ensinam-me: parto quando já não há mais para viver!
Beijocas e bom fds
Graça

Ana Gaúcha _Professora disse... [Responder]

saudades Fátima

VIVER A VIDA_SEMPRE
_
[i][navy]Tudo o que é belo tende a ser simples.
Afirmação generalizante? Não sei!
O que sei é que a beleza anda de braços dados
com a simplicidade. Basta observar a lógica
silenciosa que prevalece nos jardins: vida
que se ocupa de ser só o que é.

[Padre Fábio de Melo]

*´¨)
bjsssssssssssssssssssss//
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)

(¸.•´ (¸.•` *

Everson Russo disse... [Responder]

Um dia cheio de carinho e muita paz pra ti minha querida amiga,,,beijos e beijos.















LinkWithin

Related Posts with Thumbnails