segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Roda roda roda, pé pé pé...

Boa tarde “Crianças”!!!
É tão engraçado como a perspectiva do dia das crianças muda quando a gente cresce né?
Não só pelo fato de que não ganhamos mais presentes, mas sim porque realmente mudou do que era o dia das crianças de quando nós éramos crianças!!!
O dia das crianças de hoje não passa de um dia de consumo, é cinema 3D, parque da mônica, parque da Xuxa, parque aquatico, parque da princesa, parque da barbie, parque aquatico do bob esponja, restaurante com batatinha de carinha... enfim... é um consumismo sem fim!
Na era da tecnologia as pessoas usam artifícios para deixar as crianças loucas e assim, enlouquecerem os seus pais.
Domingo do dia das crianças é um tal de pirralho gritando no meio do shopping, fazendo escandalo no meio da rua... acho o “ó do borogodó” aqueles pais que levam os filhos naquelas lojas imensas de brinquedos modernos que piscam, tocam e se mexem e aí dizem que só tem dinheiro pra comprar um carrinho de plástico sem graça... sabe... deixa a coitada da criança em casa!!!... ou então você vê aquelas exibindo o seu super hiper mega power robô que fala, anda, dá pirueta, canta a musica do lazy town e ainda dança que nem o High School Musical!!! Sem contar nos laptops de crianças, que daqui a pouco ultrapassam a tecnologia dos nossos!!!rsrsrs.
Vendo esse tipo de coisa, vejo que os valores de ser criança se perderam, mesmo as crianças menos atualizadas só pensam nesse dia como o dia de ganhar presente... foi-se a época em que isso era compartilhado entre a família... em que os pais brincavam junto com os filhos com o seu novo autorama ou ate com aquele trenzinho bizarro que ficava rodando, rodando e rodando.
Isso é culpa da tecnologia, e principalmente dos pais...
Os pais andam tão ocupados com a bolsa de valores, com a novela das oito, com o arroz no fogo e com o barulho no carro que dão um super mega presente pro seu filho calar a boca e deixar eles em paz.
Eu não esqueço os nosso dias das crianças, meus pais, principalmente minha mãe, sempre fizeram questão de fazer essas datas se tornarem mais especiais do que já são, nossas expectativas não posso mentir, eram pelos presentes, claro, mas era também em saber o que íamos fazer, as surpresinhas, como ela arrumaria a mesa do café da manha... e isso ela faz ate hoje, eu sou a mais nova da casa, tenho 22, e ainda hoje, tivemos uma linda mesa de café da manhã de dia das crianças!!!
Nunca esqueci dos brinquedos que agente ganhava e destruia... pogo-bol... foram no minimo 3, tambem pudera, era eu, minhas duas irmãs e o restante inteiro das crianças do prédio pra pular nele, sem contar que minha irmã tinha peso acima do que o brinquedo permitia!!!rsrs , mas agente ficava lá... o dia todo pulando nequele brinquedo esquisito, Playmobil e LEGO dominavam a minha casa, eram horas a fio!!!
Confesso que eu tinha uma certa inveja de minhas amigas mais ricas.. que ganhavam a coleção lego cidade de são paulo com 5 mil peças.. ou o Nintendo 64 que eu nunca tive... o nosso era o MasterSystem mesmo!!!
Como disse, eu sentia um Q de inveja, coisa de criança né... mas hoje eu paro pra pensar e analisar a situação... eu tinha e tenho algo que elas com certeza não tem.. uma familia que me ama, e se não tiver grana pra nada inventamos uma brincadeira, ou até um pula pirata emprestado junto com o pega palito, ou ate mesmo um jogo da memória, e que acima de tudo me aceita como criança sempre, como se eu ainda tivesse 5 anos.
Então , obviamente hoje as brincadeiras mudaram, mas o conceito familia que não existe em muitas casas , na minha é mantida pra todo o sempre ,o que faz eu me sentir a criança mais feliz do mundo, pois ganhei este presente logo quando nasci, porque meus amiguinhos podem ter o melhor de todos os brinquedos do planeta... mas uma mãe que é uma mulher maravilha , um pai que é o Homer Simpson, umas irmãs que são mais legais que as meninas super poderosas só eu tenho.. e não empresto pra ninguem!!!!

10 comentários:

Cissa Pigatto disse... [Responder]

Chorei.....De Felicidade... Tristeza.... sei-lá, de inveja por não ter estado nessa mesa linda de café da manhã das crianças!!!!
Mas é tudo verdade mesmo! Principalmente a mesa de café da manhã!! rsrsrs Não paro de pensar nela!!!ahahahahha
Acho que o que mais importa é que apesar de já termos 22 anos ou um pouquinho a mais... seremos sempre crianças sabia?!
Não todas as pessoas... Mas com certeza nós.
Amei o texto e amo você Pêlo.
bjss

Anônimo disse... [Responder]

Noossaa... tudo o que vcs fizerem nesse tempo todo eu lí agora que cheguei da faculdade, tudinhoo!!
Genteeeee, to chorandooo não sei se de tristeza ou feliciade lendo o que Tia Fátima esreveu sobre "Alma de Mulher"... meu deuss, como nós somos maravilhosas, demaisss... acho que isso assusta... os homens claro, hahaha!
Acho que nunca disse isso diretamente e em público para as três: Ci (você sabe né Cii), Clara e Tia Fátima... Amo vocês!!
Simplesmente Demais!!
Beijosss
Obs.: lágrimas rolam... aos prantos!!

Débora Masetto.

Nathy disse... [Responder]

Clarinha....realmente vc tem uma familia q é U-N-I-C-A...sua mãe, sem palavras....a tia Fá é demais!
São poucos q tem o privilégio d aos 22 anos acordar no dia das crianças com uma mesa d café como a d vcs...eu por exemplo tive q levar o Otávio p/ brincar no clube...hehe...mas foi mto bom também...ele é tuuuudo! FELIZ DIA DAS CRIANÇAS p/ todas nós!
Bjão
Ah...seus textos estão mto bons viu...

Anônimo disse... [Responder]

Já tive o privilégio de estar aí na manhã do dia das crianças, e realmente voltei no tempo quando me deparei com a mesa toda decorada, nariz de palhaço...bolinhos coloridos....colherinhas de todas as cores...e outros mimos, e ainda uma caneca de bichinhos de presente para os casais amigos , guardo a minha até hoje com muito carinho, e olha que eu já tinha meus vinte e tantos....anos.Confesso que pensei naquele dia, que quando eu tivesse um filho ou filha, faria tudo para manter esse espírito de família em todas as datas, independente da idade que eles tivessem, é muito legal mesmo....

Anônimo disse... [Responder]

Clara, parabéns pelo seu texto. Fiquei emocionada e, pra não contrariar a família, chorei também, né?
Só tem uma coisinha pra eu discordar: quem disse que não empresta? Você empresta todo mundo, Clara, sua mãe, seu pai e até as loucas das suas irmãs. E a gente ama!! Obrigada! Beijos, Helô

Clarinha disse... [Responder]

Ai Helo... eu bem que pensei nisso quando escrevi... eu empresto sim, e com prazer meus pais, irmãs.... mas queria parecer uma criança birrenta sabe!!!
hahahaha!!!!
Beijos a todas...

Bárbara disse... [Responder]

Clara você esqueceu de dizer que é feliz também por ter uma super prima, a linda Lara kkkk

bjs
te amo
Tetia

Cristina disse... [Responder]

Hoje em dia Clara, nem que a gente não queira dar tecnologia para eles ,é eles que querem, eu tbm prefiro como era antigamente, os brinquedos mais simples possivel, mas tudo mudou, eu sei e posso falar com certeza que mudou, estamos na epoca do PLAY3 flor, meu Otavio já conhece bem e gosta. Mas tentei fazer com ele este ano um dia bom, brincando com terra, que ele tbm gosta, o ruim é que depois tive que limpar a casa inteira, "e valeu muito apena". Beijos. "Nos tbm somos eternas crianças"

Bibi disse... [Responder]

adorei amélias muito legal e como eu sou criança tem uma omenagem para mim hahahahahah






beijos

Clarinha disse... [Responder]

Ai Cris... é bem isso mesmo, realmente essas brincadeiras dão muito mais trabalho e requerem muito mais da sua atenção do que dar um videogame em que acriança fica hooooooras jogando, sem dar um "pio", mas cá entre nós... não é muito mais gostoso????
Adorei te ver por aqui!!
Um beijão
Clarinha.















LinkWithin

Related Posts with Thumbnails