domingo, 6 de setembro de 2009

Quem sou eu

Aprendi com um uma amiga que aprendeu com um amigo, “que a gente é o que a gente gosta. Somos nossa comida preferida, nossas músicas, nossos filmes. Os lugares que a gente curte, os amigos que fazemos, o esporte que escolhemos. Somos a estação do ano e passatempos prediletos. Como ele diz, pouco importa de onde viemos e para onde vamos, mas, quem somos, é crucial descobrir.” *
Eu amei a idéia e resolvi tentar.
Olha só no que deu:


“Sou paz.
Da guerra sou a luta, o motivo, a razão. Sou contra injustiça, ingratidão, e preconceito. Sou sozinha, sou silêncio.
Sou solidão.
Sou organizada, metódica, sou cheia de manias.
Sou atrapalhada, desastrada, sou não às regras feitas e coisas prontas.
Sou fazer, criar, pintar, bordar e costurar.
Sou desobediente, sou triste frequentemente.
Sou dor no peito, nas costas, no braço, nos ombros, nas pernas...
Sou médico, regime, bronquite, sou rinite.
Sou muito exame e raio-x.

Sou amigos e amigas, sou parceira pra toda obra.
Sou pensamento e razão, mas me vêem pura emoção.
Sou grossa de vez em quando. Sou não beijinho, sou oi de longe.
Sou paixão.
Sou pavio curto, mas sou paciente.
Aliás, sou sempre paciente, cliente, atendente....
Sou mal entendida, e muito incompreendida.
Sou quebrar as coisas, sou jogar no chão, sou limpar a cara e partir pra outra.
Sou insegura, quase sempre, mas enfrento um leão se estiver em minha frente.

Sou família e não abro mão.
Já fui neta e filha. Hoje sou irmã e irmão.
Sou casada, apaixonada, ciumenta...sou um furacão.
Sou feminista, sou sempre mais a mulher.
Sou menina, rosa, lilás, sou pink.
Sou força e fé.
Sou não a ordens, horários e compromissos.
Sou momento.
Sou chave esquecida, hora perdida, conta sumida, leite derramado.
Sou celular sem bateria, carro sem gasolina.
Sou tempo.
Sou de Lua. Já fui noite e hoje sou totalmente dia.
Sou falar rápido, sou repetição.
Sou de assustar com meu próprio cabelo, procurar algo que está em minhas mãos, sou esquecimento. Sou novamente solidão.
Sou mais carro que avião.

Dos livros sou a capa, dos filmes as lágrimas.
Sou “Sociedade dos poetas mortos”, “De porta em porta”, “Homem de Família”.... Sou “Lendas da Paixão”.
Sou internet, e-mail, blog, sou Harry Potter.
Sou fotografia, retratos, montagens, sou imagens.
Sou sinceridade.
Sou pipoca com vinagre, sou coca e chocolate.
Sou carne, porco, peixe e pão.
Sou comer muito até passar mal.
Sou caminhar só em pensamento.

Sou fita, sou cassete, sou música, sou chicletes.
Sou Tião Carreiro, samba e pagode. Sou bateria de escola de samba.
Sou coisas antigas, lembranças, sou esperança.
Sou Indaiatuba sem par.
Sou alma sombria, encanto e poesia.
Sou hino, crônica, sou texto, sou Veríssimo.
Da TV eu sou novela, reality show, Big Brother, sou 24 horas pay per view.
Sou 10 anos mais jovens, sou puro drama real.

Da casa sou cozinha, faxina, sou cama e almofada.
Sou panelas, bandejas, pratos, sou pano de prato, sou colher de pau.
Sou top ware, sou plástico.
Sou muita gente, festa, sou churrasco.
Da praia eu sou o mar, a brisa, a areia...
Já fui muito sol, e agora sou só guarda-sol.
Sou fazenda, fogão à lenha, sou campo e flor.
Sou novamente dor.
Sou cachorro, sou cavalo. Não sou nem um pouco gato.
Dos insetos eu sou o “sapo”.
Sou roupa, sapato, sou fato.

Sou criança, fada-madrinha, sou massinha.
Sou terra, barro, sou forminha.
Sou Cecília, sou Maria.
Sou paisagem.... ilha, sou pilha.
Sou filha sem mãe.
Sou mãe (sem filha).”


Escolhi essa data para postar esse texto para vocês, espero que tenham gostado, pois é o meu preferido. Bom, essa sou eu. E você quem é???

* aprendi isso com minhas colegas meigas do blog www.eusousensivelsim.blogspot.com

24 comentários:

Anônimo disse... [Responder]

Que lindo texto, virou um verdadeiro poema. Não saberia me descrever desse jeito, mas deu até vontade de arriscar. Se conseguir, posto um outro comentário aqui no blog. Cissa, sou irmã orgulhosa, realizada com a família que tenho. Te amo.

Clarinha disse... [Responder]

Oi Cissão...
Parabens pela crônica... é bem vc mesmo!!!
Bom, tentei dizer quem sou eu...


Da Fisio, sou neuro, sou respiratória. Não sou ortpedia.
Do TCC sou Gabi.
Dos livros sou romance. Sou Zíbia Gasparetto e Mônica de Castro.
Da TV sou novelas, mas sou muito mais seriados. Sou Grey´s Anatomy, Dr. House, Lost, The O.C.
Dos filmes sou comédia, drama. Sou “Lado a Lado”, ‘Diário de uma Paixão”.
Dos atores sou Bem Stiler, Adam Sandler, Julia Roberts.
Das comidas, sou as da minha mãe.
Das porcarias sou fandangos, doritos, danoninho.
Sou totalmente coca-cola.
Sou preguiçosa, já fui muito academia, hoje sou mais sofá.
Sou fotografar, gravar, registrar, relembrar.
Sou amar.
Sou Victoria Secret´s, Ligth Blue, Armani Cold.
Sou sertenejo, sou trilhas sonoras. Não sou rock nem pagode.
Sou calma, tranqüila, mas não me irrita...
Sou amigos... reuniões, churrascos, conversas, desabafos (não os meus, dos outros, rsrsr), sou risadas.
Sou mais barzinho com chopp e batata frita do que balada.
Sou fechada, sou secreta... meus pensamentos são apenas meus.
Sou organização, sou festas, sou decoração.
Sou montagens, filminhos, homenagens. Sou Cissa pras mensagens.
Das bebidas sou cerveja, Wisky com guaraná. Não sou muito vinho. Não sou nem um pouco caipirinhas.
Sou casamentos, aniversários. Sou Natal com a família.
Sou filha, irmã, prima, sobrinha, sou de novo amiga.
Sou 1000% minha família.
Sou tanta coisa.
Dos animais sou cachorro, sou cavalo.
Das roupas já fui qualquer coisa, hoje sou batas e vestidos, de preferência os mais largos. Rs.
Do verão ainda sou piscina. Nunca fui muito mar.
Do inverno sou minha cama e chocolate quente.
Sou artesanato. Da pintura sou Pikena.
Sou ficar sozinha.
Sou ficar quieta. Ás vezes sou tímida. Quase nunca sou grossa.
Da minha casa sou meu quarto e escritório, não sou muito sala.
Não sou bala nem chicletes.
Da maquiagem sou blush e rímel. Não sou muito bolsa nem sapato.
Sou ouvir as histórias antigas da minha mãe.
Sou fazer companhia.
Não sou muito cozinha, das comidas sei fazer miojo e misto quente.
Sou Carpe Dien.
Sou simples, sou família, sou amizades.
Já fui muito “gema”.
Sou Clara. As vezes sou escrura.
Sou Maria Clara.

Piga disse... [Responder]

Nossa Cissa...ficou demais!!
Também vou fazer um "Sou"...lá vai:

Sou todos, sou sozinho.
Sou batalha, sou guerreiro.
Sou rei, do meu reinado.
Sou Ricardo Coraçao de Leao Arthur da Távola Redonda
Sou Pigatto.

Anônimo disse... [Responder]

Ai, Clara, que legal. Ficou a sua carinha, mesmo. Parabéns. Beijos, Helô

Anônimo disse... [Responder]

Amei...

Parabéns,
Bárbara

Anônimo disse... [Responder]

Clarinha,

por isso te amo...

tetia

Anônimo disse... [Responder]

Oi Cissa, você é d+.
Nunca vi tanta criatividade numa pessoa só.
Parabnes é muito lindo.

Amei.

Bjs

Marcella

Fatima disse... [Responder]

Que paixão...essa é a nossa Clara.

Fatima disse... [Responder]

Cissa, amei o seu "quem sou eu".
Você é exatamente isso e muito mais ....
Amamos você muito.

Fatima disse... [Responder]

Quem diria hein " Ricardo Arthur Pigatto".
Já conhecia seu Coração de Leão...só não sabia que era um dos cavaleiros da Távola Redonda.
Muito bom seu "SOU"

Tatiane disse... [Responder]

Cissa... te disse que amei seu "Quem sou eu" quando vc me mandou o seu... lindo por demais...

Fico mais feliz ainda de ver as reproduções... as pessoas tbm se descrevendo, pensando um pouco em quem são... os resultados são ótimos! Que vire febre e se espalhe!

Mil beijos

Tati Quadra

Haydce disse... [Responder]

Ameiiiiiii!!!
Acho q não consigo escrever assim, qualquer hora tento e mostro p vcs. :D

Bjsssssss

Anônimo disse... [Responder]

Foi muito lindo o que vc escreveu, fiquei realmente emocionada!!!!Muito de verdade!!!!
Quanto a vc Clarinha essa é mesmo vc, só faça uma correçao: da pintura vc é Pikena, tudo bem , e nós????ein? te amo de paixão!!!
ERIKA

Fatima disse... [Responder]

Cissaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, acho que você vai ter que mudar o final do seu "Quem Sou Eu"............
Bjs

Gabriela disse... [Responder]

...Quem sou eu...
Q U E M... S O U... EU
...QuEm SoU eU...
q.u.e.m.s.o.u.e.u
...quemsoueu...
Será que alguém pode me ajudar?
QUEM SOU EU??????????

Claudine Ribeiro G. Netto disse... [Responder]

Amei seu texto. Será que consigo fazer um texto ficar como um poema? Não, só as pessoas com criatividade consague, como não sou criativa, então....kkkk, eu adoro tirara uma brincadeira de vez enquando. Amiga, eu realmente amei seu texto, agora estou conhecendo-a um pouco mais.

Bjcas.

Rosana Madjarof disse... [Responder]

Amiga,

Muito lindo o que escreveu.

Sou alma sombria, encanto e poesia.

Eu escrevi uma poesia com o título Eu Sou...

Vá até meu Blog e dê uma lida.

Todos nós somos aquilos que queremos ser, mas muitas vezes não conseguimos ser aquilo que deveríamos ser.

Bjs.

Rosana.

Ebrael Shaddai disse... [Responder]

Somos a manifestação de tudo que carregamos em nosso Ser Verdadeiro.

A roupa da carne desbota e murcha, mas o coração pode ficar novo pra sempre ou apodrecer precocemente!!

Cuidemos da horta do coração!!

Bjs!!

Clarinha disse... [Responder]

Claudine, pq vc não tenta fazer um e posta aqui no blog, afinal não precisamos ser grandes poetas para escrevermos sobre nós mesmos!!!
Beijos

Clarinha disse... [Responder]

Ebrael, que lindo o que vc escreveu!!!
É isso mesmo, devemos cultivar as boas ações, bons pensamentos e bons sentimentos, pois esses nos acompanham aonde quer que a gente vá, fora isso, é tudo passageiro!!!
Beijos
Clara

Cissa Pigatto disse... [Responder]

Que bom que vocês gostaram! De todas minhas crônicas, essa é a que eu mais gosto! Quero ver todo mundo fazendo um 'quem sou eu', hein!
bjs

Principe Encantado disse... [Responder]

Que lindo texto amiga ainda bem que você "Sou criança, fada-madrinha, sou massinha.
O mundo precisa de pessoas assim.
Abraços forte

Bibi disse... [Responder]

sou paz
sou da felicidade
sou cheia de amigos
sou raivosa na hora que precisa
sou linda
sou feia quando acordo
mais sou linda quando me arrumo
sou chocolate sou doce
sou pao sou batata
sou inverno mais agora sou calor
sou amigos do peito
nao sou doenças
nao sou ingesao
mais sou um pouco de remedio
tenho mãe pai tenhos avos e avos
sou fa das amélias
e da minha mãe
da dança sou jazz
da musica sou o teclado
dos idiomas sou ingles
dos animais sou o cachorro
do mc donald sou o mc duplo
dos homens sou meu pai
e das mulheres sou minha mãe

Bibi disse... [Responder]

amélia cissa adorei o seu quem sou eu achei suas palavras muito interesante e achei muito legal parabens ja pode ser uma poeta adorei beijos















LinkWithin

Related Posts with Thumbnails