segunda-feira, 28 de setembro de 2009

...Por que mulher, ja nasce assim!!!

Porque agente quer falar...
Não importa oquê...
Queremos falar!!!
Muitas vezes não sabemos nem oque estamos falando...
Mas estamos falando!!!
Mulher ja nasce assim... sem botão de DESLIGA!!!

video

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

UM MARLEY EM MINHA VIDA...

Uma coisa que nunca abri mão foi de ter cachorros.
Tudo bem que minha mãe sempre faz cara feia quando digo isso, pois realmente ela sempre ficou com a pior parte dessa historia!!!
Sei que muita gente não pode nem ver na frente, seja por medo ou preconceito, pois acham que bicho é bicho e não gente (eu tenho minhas duvidas, pois os meus só faltam falar!!!), e portanto não devem ser tratados como tal.
Nunca fui daquelas que trata o cachorro com muita frescura, sabe do tipo que leva em todos os lugares, dão comida na boca, compram do bom e do melhor e mimam ate não poder mais.
Mas também não critico e até acho legal.
Hoje mesmo, fui buscar meu namorado no aeroporto, estava la sentada, esperando, quando chegou minha sogra, minha cunhada e a Thiffany, a cachorrinha maltês.
Sentamos para tomar um refrigerante, e vi uma bolsinha rosa da “Kippling” e perguntei de quem era... era da Tiffany... como assim??? pois é, era dela e dentro tinha uma fralda especial para cães, pente, escovinha, papel higiênico, e um pãozinho caso desse fome nela...
A verdade é que, em maiores ou menores graus, as pessoas se identificam com eles, não tem jeito, principalmente quando são filhotinhos e nos olham com aquela carinha linda... eles podem destruir a casa e ainda assim continuamos achando eles lindos!!!
Semana passada assisti o filme Marley e Eu, me identifiquei de primeira, pois o filme conta a historia do cachorro e seus donos, mostrando os momentos de alegria, amizade, bagunças, lealdade e tristezas passadas lado a lado.
Eu amo muito meus cachorros, e literalmente tenho um Marley aqui em casa... o Chopp, um coker... é uma peste, bagunceiro, teimoso, “mijão”, pentelho, lindo, carinhoso, leal e amigo!!!
Tenho tantas historias dele...
Uma vez o cara do gás estava agachado trocando o bujão, e não deu tempo de nada... ele simplesmente levantou as perninhas e fez xixi nas costas do cara...
Entre tantas outras...
Ele é igualzinho ao Marley, ele que manda aqui em casa, confesso que não temos muito controle sobre ele!!!rsrs.
Tem a Hanninha também... uma poodle... essa é um caso a ser estudado... o dia que ela morrer não sei o que vai ser de mim!!!rsrs... mas é verdade, ela é demais, só falta falar...

Ela não sai de perto de mim, vive me seguindo por onde eu vou, e quando eu ou qualquer pessoa aqui de casa sai, ela fica deitada em frente a porta até a gente chegar, e quando chegamos ela faz uma festa (ninguém faz isso a não ser ela), ela nos recebe com uma alegria é como se não nos visse há anos. Ela conheçe a jeito de cada um aqui de casa, sabe quando estamos felizes, e quando estamos tristes parace que ela quer nos consolar!!!
Ela nos olha nos olhos... tudo bem vai, para alegria de muitos que só sabem tirar sarro dela... ela nos olha com o unico olho que tem... rsrs... (ela nasceu sem um olhinho!!!).
O amor do nosso cãozinho é incondicional, mesmo que nós briguemos com eles, sejamos pobres ou ricos, feios ou lindos, gordos ou magros, altos ou baixos, dependente de qualquer religião ou condição social, dos momentos ou de qualquer coisa, eles continuam nos amando, e isso deveria servir de um grande exemplo para nós.
O fato é que só quem já teve um cão sabe como esses bichinhos fazem parte de nossas vida. Das alegrias que nos proporcionam e das lições de vida que nos dão.
São parte da família.
Quando se vão, é uma tristeza sem fim, nem quero comentar sobre as perdas que ja tive e muito menos de pensar nas que ainda vou ter, apenas curto a presença deles dia-a-dia!!!
Se você não tem ainda um animal de estimação, principalmente um cão, adote um para você, tenho certeza que não se arrependera!!!
Todo mundo merece um "Marley" na vida!!!
Beijos
video
video

Amigas...




Olá pessoal,


Hoje recebi um e-mail muito especial, e resolvi publicá-lo aqui no blog. Claro que a autora dele me autorizou a fazer isso.

Aproveitando a inspiração, eu resolvi fazer uma pequena homenagem às minhas amigas, espero que elas gostem.

É só para lembrar o quanto elas são especiais.


Segue o e-mail:
"Olá meninasss!!!
Sabe... ontem, quando a Ana falou aquelas coisas... eu fiquei com muita vontade de falar outras coisas... rsrs... coisas que ja tive vontade muitas vezes de falar pra vocês, mas que sei que vai ser só começar a falar... e pimba, choradeira!!! Não que eu seja chorona... rsrs! Quando terminei com o Fred, achei que perderia vocês... afinal, são amigas dele! Ou namoradas e esposas dos amigos dele... e eu tive a certeza de que teria que me distanciar de vocês, para não invadir o espaço dele, entendem?! E isso me fez sofrer muito!
Mudei pra Indaiatuba sem conhecer ninguém... e ganhei "amigas de infância"... rsrs... não queria perdê-las... mas não me achei no direito de me enfiar na turma que não é a minha... é a dele que eu peguei pra mim!!! rsrs! Por isso me distanciei de vocês no começo... pra não ser enxerida! Mas nada disso aconteceu!!! Ufa... que alivio!!!
Percebi que o que eu sinto por vocês, vocês também sentem por mim!!! E que por mais que não fiquemos juntas com tanta frequencia como antes, vocês são minhas amigas e nada pode mudar isso!!! Queria dizer a vocês que são muito especiais e importantes pra mim... que amo vocês demais... e que vocês me fazem muito bem!!!
Acho ainda que com o tempo, ficaremos cada vez mais distantes... a vida vai nos levar pra caminhos diferentes e teremos que nos ver cada vez menos! Mas espero que independente do tempo que fiquemos longe, e de que caminho nossas vidas tomem... sejamos sempre amigas! E que a cada vez que fizermos um "encontro das meninas" seja igual! Divertido e sincero!!! Não escrevo bonito como a Cissa e a Clara... mas é do fundo do coração!!! rs! (Putz grila... pensei que escrevendo não ia chorar... mas não rolou! hehehe)
Obrigada por serem minhas amigas!!! Vocês nem imaginas o quanto são importantes para mim!!!Amo muito vocês!!!
Beijo grande... bom fim de semana!"

****************

"E eu que cheguei a pensar um dia que mulheres não são unidas, que meninas são sempre rivais e que nós nunca conseguiríamos ter vida própria. Do tipo ser independente a ponto de chegar num barzinho sozinha, ou coisa parecida.
De, simplesmente, se arrumar pra sair, e sair. Encarar uma balada sem ligar pra ninguém antes, sem ter medo de ficar sozinha, sem ter vergonha de chegar num lugar e não conhecer ninguém, ou não ser identificada logo na entrada por um rosto conhecido.
Afinal, não é assim que eles fazem?
Eles saem sozinhos. Eles sempre tiveram mais amigos, mais parceiros e colegas do que nós. Eles nunca deixaram de ir porque não tinham companhia naquele dia, ou porque o "melhor amigo" não ia sair.
Eles geralmente são cúmplices e estão sempre dispostos a livrar a barra uns dos outros. Eles fazem encontros e programas entre si, não importa se nós estaremos lá ou em outro lugar. Eles sempre entram nos lugares e conhecem todo mundo. Eles sentam em qualquer mesinha. Eles conversam entre si, independente de terem intimidade ou não.
Talvez, algumas de nós, não tenhamos vida própria mesmo; do tipo ser independente a ponto de chegar na balada sozinha. Talvez eu nunca me arrume e saia sozinha. Talvez eu fique em casa o resto da minha vida se a minha "melhor amiga" assim também o fizer.
Talvez eu não minta nem por ela.
Talvez as mulheres sejam um pouco rivais, mesmo. Talvez eu não sente na mesma mesa que aquela fulana. Talvez eu não cumprimente o bar inteiro.
E com certeza eu terei vergonha de chegar sozinha na balada, e jamais porei o pé pra fora de casa, sem que um rosto conhecido esteja me esperando na porta.
Talvez nós não saibamos fazer encontros ou programas sozinhas, talvez nós nem nos encontremos tanto quanto gostaríamos.
Talvez eu não tenha amigas desde a infância, e talvez as que tenho sejam apenas consequência do meu relacionamento.
Talvez elas não sejam eternas, talvez ele também não.
Talvez eu viva a vida dele, talvez a minha.
Mas mesmo assim.... eu jamais trocaria a experiência de ser mulher e, principalmente de ter AMIGAS.
Ainda que sejam poucas, ainda que eu não conheça o bar inteiro. Ainda que elas não livrem a minha barra, ainda que elas só existam porque eles as trouxeram até mim.
Não importa de onde vieram, nem como apareceram, e nem se elas ficarão ou não.
Importa o quão profunda é a amizade entre nós, mulheres.
Ah....eles não podem imaginar o tamanho e a intensidade de uma verdadeira amizade entre duas (ou mais) mulheres.
Eles não fazem idéia do quanto é especial o amor de uma, ou várias amigas.
Nossa amizade transpassa a barreira da cumplicidade.
Somos unidas sim, pelo coração e pela alma. Amamos uma amiga assim como a nós mesmas.
Talvez eu não saia mesmo sem elas, e daí? Talvez eu nem vá ao banheiro sozinha, mesmo. Talvez ela me deixe triste, um dia. Mas eu vou amá-la mesmo assim.
Talvez todas se casem e tenham filhos. Talvez nós percebamos a importância dos nossos pais, talvez a gente valorize mais a família.
Talvez o mundo vire pó ou tudo acabe em pizza. Mas sem dúvida a vida não seria a mesma se eu não tivesse AMIGAS COMO VOCÊS. E eu não seria a
mesma pessoa, e a vida seria muito mais dura se eu não pudesse contar com AMIGAS COMO VOCÊS."
Cissa

"Campanha Mineira contra o fumo"

Aproveitando o momento anti tabagismo, segue um video descontraido sobre o tema...
espero que gostem!!!
beijos Fatima.

video

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Dicas Importantes


Couve flor sem cheiro: Para que a couve flor não impregne
toda casa com seu cheiro forte e desagradável, acrescente uma colher de farinha de trigo na água em que ela está sendo cozida.

Para que as batatas e maçãs não escureçam: Maçãs, peras e batatas se descascadas e deixadas em água gelada levemente salgada, terão sua cor natural mantida.

Para se obter muito mais caldo do limão: Deixar o limão
inteiro mergulhado em água quente por alguns minutos antes de espremer.

Café requentado e saboroso: Para esquentar o café sem que perca o sabor, colocar em banho maria, sem deixar a água ferver.


Fonte: Dra. Shirley de Campos.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Perdendo Tempo

Olá amigas,


Bom, pra quem não sabe, eu escrevo crônicas despojadas para a Revista da Tribuna, que sai encartada dentro do Jornal da Tribuna de Indaiatuba, a cada dois meses. Vou postar algumas delas aqui para vocês, espero que gostem.


bjs





"O tempo...
Quem sou eu pra falar do Tempo.
Justo eu que não tenho tempo pra nada!
E tenho tanta coisa pra fazer e resolver...
Sabe coisas do tipo ir na costureira, devolver a mesa que emprestei no Natal, fazer exames de rotina, trocar o presente que eu ganhei, levar as facas da cozinha para afiar, renovar minha carteira de motorista..... etc, etc, etc...
Isso sem falar tudo que já tenho que fazer no trabalho...
Outro dia não tive tempo de fazer nada. E foi nesse mesmo dia que eu não fiz coisa alguma!
Quando temos muitas coisas para fazer num dia só, conseguimos fazer tudo; e quando temos uma coisa só para fazer o dia todo, parece que não conseguimos fazer nada... (pelo menos comigo é assim)
Com você não?
Confessa vai....
Isso sem falar que deixamos tudo pro final, e aí saímos correndo fazer de última hora.
Não acho que isso é mal de brasileiro, acho que é mal de ser humano mesmo.
Eu sou campeã nisso. (eu e todo mundo, porque até agora não conheci ninguém diferente).
Com exceção do meu tio.
Ah.... meu tio!
Ele é aposentado, e quando vai viajar com os amigos “pescar”, ele organiza tudo com antecedência.
No mínimo 3 meses antes. Daqueles que arruma a mala e fica sem usar o desodorante porque já guardou na nécessaire.
Ele também guarda garrafas pets vazias.
Mas não é para reciclar.
Ele pega o macarrão, o arroz, o feijão, a farinha, e tudo mais que vai levar na viagem, e com um funil coloca-os nas garrafas e ainda escreve uma etiqueta de identificação em cada uma: macarrão – arroz – feijão...
Detalhe: As garrafas pets são transparentes!!!!
Mas ele tem tempo.
Eu não.
Eu não tenho tempo pra nada.
Meu irmão vive me chamando pra caminhar no parque ou ir à academia...
Mas ele não entende que eu não tenho tempo!!!
Não é que eu não quero (eu juro), é que cada dia aparece uma coisa nova que toma meu tempo.
Não parece que ultimamente o tempo anda mais rápido que o normal?
Olha só.
Outro dia acabou o ano.
Lembra? Foi ontem mesmo! Teve ceia de Natal, amigo secreto, reveillon, comemos panetone e peru.
Agora já passou o Carnaval e já estamos na Páscoa!!!
Depois da Páscoa já é a Festa Junina..... e aí vem as férias de julho!
Bom, depois de julho então, que como você vê, é praticamente a semana que vem, já é setembro e depois é dia das crianças e....
Pluft... é Natal!!!
E eu? Eu não fiz nada...
A mesa que eu ia devolver nem vou mais, porque daqui a pouco já é Natal mesmo...
Bom, isso quer dizer que se já passou o Carnaval, a Páscoa, o dia das crianças..... e se já estamos no Natal, significa que eu já fiz 30 anos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Tá vendo? O ano mal começou e eu já fiz aniversário de novo!
Não é incrível? O tempo está, sim, passando mais rápido.
Pode reparar!
Ontem eu era adolescente. Lembro como se fosse hoje. 1994, por exemplo, faz tempo pra você? Pra mim foi ontem, outro dia mesmo!
E agora eu já tenho 30 anos!
Você tem noção que ontem eu tinha 15 e hoje tenho 30?
Tem alguma coisa errada.
Tava na cara que esse negócio da Terra girar em torno do Sol não ia dar certo, agora ela está aí, girando, girando... e girando descontrolada!
Calma aí, minha filha, aonde vai com tanta pressa?
É... Acho que o tempo está me consumindo.
Tenho muito que fazer....uma lista enorme de prioridades.
Nem sei por onde começo.
Por isso vou ficando por aqui, e para não perder tempo, aproveito para desejar-lhes uma Boa Páscoa, um ótimo dia das crianças, um Feliz Natal e um Próspero ano Novo!!!"

Maria Cecília Pigatto
Publicado na Revista da Tribunal em 11 de abril de 2009.


E tudo mudou...

Falando em saudade...
Veríssimo tambem sente...
O rouge virou blush
O pó-de-arroz virou pó-compacto
O brilho virou gloss

O rímel virou máscara incolor
A Lycra virou stretch
Anabela virou plataforma
O corpete virou porta-seios
Que virou sutiã
Que virou lib
Que virou silicone

A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento
A escova virou chapinha
"Problemas de moça" viraram TPM
Confete virou MM

A crise de nervos virou estresse
A chita virou viscose.
A purpurina virou gliter
A brilhantina virou mousse

Os halteres viraram bomba
A ergométrica virou spinning
A tanga virou fio dental
E o fio dental virou anti-séptico bucal

Ninguém mais vê...

Ping-Pong virou Babaloo
O a-la-carte virou self-service

A tristeza, depressão
O espaguete virou Miojo pronto
A paquera virou pegação
A gafieira virou dança de salão

O que era praça virou shopping
A areia virou ringue
A caneta virou teclado
O long play virou CD

A fita de vídeo é DVD
O CD já é MP3
É um filho onde éramos seis
O álbum de fotos agora é mostrado por email

O namoro agora é virtual
A cantada virou torpedo
E do "não" não se tem medo
O break virou street

O samba, pagode
O carnaval de rua virou Sapucaí
O folclore brasileiro, halloween
O piano agora é teclado, também

O forró de sanfona ficou eletrônico
Fortificante não é mais Biotônico
Bicicleta virou Bis
Polícia e ladrão virou counter strike

Folhetins são novelas de TV
Fauna e flora a desaparecer
Lobato virou Paulo Coelho
Caetano virou um chato

Chico sumiu da FM e TV
Baby se converteu
RPM desapareceu
Elis ressuscitou em Maria Rita?
Gal virou fênix
Raul e Renato,
Cássia e Cazuza,
Lennon e Elvis,
Todos anjos
Agora só tocam lira...

A AIDS virou gripe
A bala antes encontrada agora é perdida
A violência esta coisa maldita!

A maconha é calmante
O professor é agora o facilitador
As lições já não importam mais
A guerra superou a paz
E a sociedade ficou incapaz

......De tudo.

Inclusive de notar essas diferenças
Luis Fernando Veríssimo

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Dicas Importantes

Recebi um e mail do meu irmão com diversas dicas muito úteis, resolvemos então publicá-las

aos poucos aqui no Blog. Pra começar......


-- Pão crocante: pincele com água salgada a massa já crescida antes de assá-la
.
--Para que o queijo naõ endureça: embrulhar em um pano umidecido com água e vinagre.

-- Como conservar a farinha: colocar uma folha de louro no recipiente onde é guardada
.
- Como evitar formigas no açúcar: coloque alguns cravos da Índia ao redor do armário.


Fonte: Dra.Shirley de Campos.

Belos, chiques e vaidosos


Oi gente... tudo bem???
Já pararam para pensar que só se ouve falar das mudanças ocorridas no “sexo frágil”, (que alias, de frágil nunca teve nada!!!), ou no quanto as mulheres avançaram no campo profissional, tornando-se chefes no trabalho, chefes na casa, chefes no relacionamento, tornaram-se independentes e conquistaram seu espaço após muitos sutiãs queimados???
Mas o que vem por trás disso tudo pouco se fala... afinal, os homens puderam aflorar seu lado mais que feminino, seu lado vaidoso, amoroso e sentimental.
Hoje eles cozinham, lavam, passam e arrumam, às vezes melhor que muitas mulheres! (meu namorado pilota um fogão mil vezes melhor que eu, rsrs). Cuidam da casa e dos filhos como uma tarefa normal e não como uma coisa de extraterrestre!!!
Quem diria que um dia seu irmão, seu pai, namorado ou marido fariam as unhas, hidratação nos cabelos, luzes, relaxamento, limpeza de pele, massagens, dieta, lipoaspiração, entre tantas outras coisas que antes pertenciam apenas ao universo feminino.
Dos tempos em que cuidar da aparência masculina significava apenas manter o cabelo, barba e bigode bem aparados, muita coisa mudou.
Hoje existem até salões de beleza apenas para homens, onde eles podem fazer todos os tipos de tratamento de beleza.
Seria mentira se dissesse que, para nós, mulheres, isso seja a coisa mais normal do mudo, afinal estão invadindo nosso espaço, como assim sabe??? Sai pra La!!! Rsrs
Mas isso não quer dizer que não aceitamos, é apenas uma questão de... errr...nos acostumar.
Outro dia, foi engraçado, minha irmã ia receber visitas para o fim de semana; então, no sábado cedo foi às compras: passou no mercado, no açougue pegar umas carnes para o churrasco, encomendou as bebidas, comprou um vaso de flor, além de arrumar toda a casa.
Encontrei com ela na rua, toda descabelada, de chinelo e uma roupa um tanto quanto a cara dela, “super a vontade” ...rsrsrs. Aí eu perguntei onde estava meu cunhado, seu marido, e ela disse que ele tinha ido cortar o cabelo; até aí normal, mas o que eu não sabia era que além de cortar o cabelo, ele foi escurecer a cor, pois tem fios brancos.
Mas o pior de tudo é COMO ele fez isso!!!
Acreditem se quiser, ele faz luzes com aquela touquinha que puxas os fios sabe???
Fiquei imaginando a cena... minha irmã correndo que nem uma louca pra cima e pra baixo, toda desarrumada suando embaixo daquele sol, enquanto ele estava lá no salão, sob ar condicionado com touquinha na cabeça esperando os fios escurecerem...
E ainda descobri que ele usa shampoo e condicionador Paul Michel... que luxo!!!!
Metrossexuais.
É o termo utilizado para esse tipo de homem, que dedica boa parte do seu tempo aos cuidados do corpo e do visual, e nem tentem criar essa história que sejam gays, pq não são!
Meu namorado? caso tipico.
Se vamos sair? sempre fica pronto depois de mim.
Se estou me maquiando? um blush vai bem.
Se passo creme? Só se for vitoria secret's!
Todos os homens deveriam se cuidar sim!
Toda mulher gosta de um homem bem cuidado, cheiroso, bem vestido, não é mesmo meninas?
E a mulher que disser que não gosta de um homem assim está mentindo.
A nova elegância responde à exigência de uma geração de mulheres que recusam homens barrigudos e desleixados, mas também funciona como uma estratégia de carreira.
Um visual desleixado pode sugerir desleixo no desempenho profissional
Assumir a vaidade faz parte de um novo momento do chamado sexo forte.
O homem agora divide seu poder com a mulher e se sente desobrigado de demonstrar força.
Há bem pouco tempo era muito difícil para o homem admitir sua vaidade.
Vaidade era um traço da mulher. Um homem vaidoso não era visto com muito bons olhos.
Sua condição masculina poderia estar na berlinda, ferindo sua susceptibilidade...
Portanto, emagrecer seria sempre apenas por questões de saúde e nada mais.
Foi-se o tempo desta afirmação hipócrita...
E isto se deve - e muito - às mulheres.
Os homens estão percebendo que vaidade não tem nada a ver com o sexo, e sim com o bem-estar da alma, e a auto estima.
Evidente que ainda há muita resistência, mas os homens estão percebendo que estar com uma aparência melhor e em dia com o espelho e o guarda-roupa demonstra um grande respeito pela saúde, tanto física quanto emocional.
Com isto todos ganham.
A produtividade e vitalidade aumentam, provocando uma certa euforia interna que será revertida em bônus altamente positivos no convívio familiar, social e, principalmente, no trabalho.
Agora vai entender... se o homem não se preocupa com a aparência, a mulher não gosta, reclama, cobra dele mais cuidados.
Se ele é vaidoso, se cuida, se preocupa com a aparência, a mulher fica insegura por competir com ele.
A exigência com a aparência feminina com certeza será redobrada, ou seja, provavelmente a mulher terá que ser um bonequinha de luxo, uma barbie.
E aí, vai encarar um metrossexual??

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Torta de Goiabada Com Leite Condensado

Para os doceiros e doceiras de plantão, essa é uma torta super fácil de se fazer ....e de comer também.

INGREDIENTES PARA A MASSA: 03 colheres ( sopa) de manteiga sem sal.
06 colheres ( sopa) de açúcar.
01 ovo inteiro.
1/2 xícara (café) de leite.
01 colher (chá) de royal
15 ou 16 colheres (sopa) de farinha de trigo (vai depender
do tamanho do ovo, das medidas usadas).

INGREDIENTES PARA O RECHEIO: 250/300 grs de goiabada ( cortar e colocar um pouco de
água e levar ao fogo para derreter.) Alguns mercados
vendem já derretida, mole.
01 lata de leite condensado.
01 pacote de coco ralado em lascas ( úmido e adoçado),
ou coco fresco ralado.

MODO DE PREPARO: Coloca os tres primeiros ingredientes em uma vasilha ( bacia) e com
as mãos vai misturando bem até que todos se incorporem formando uma
pasta. Adiciona o leite, a farinha de trigo e o royal e continua misturando
té obter uma massa homogênea. ( se estiver grudando nas mãos,
polvilhar com trigo até que ache nescessário).
Levar para a geladeira em um saco plástico por no mínimo 1 hora.

Em uma forma de fundo removível, vai abrindo a massa com as mãos
até que toda forma esteja forrada inclusive a lateral (não precisa colo-
até em cima, pois não fica muito alta).
Com um garfo, furar a massa em toda sua superfície ( para que ela não
estufe ou forme bolhas quando assar).
Derrame a goiabada por toda forma.
Coloque o leite condensado sobre a goiabada.
Cubra tudo com o coco ralado.
Leve ao forno para assar ( 180/200º) mais ou menos 40 minutos , ou
até que a massa esteja dourada nas laterais.
Deixar esfriar para desenformar.

Espero que gostem. Aguardamos comentários se alguem fizer, se deu certo, enfim.....
Obrigada pelos acessos, continuem.
Beijos Fatima.

Frase do Dia






"As pessoas esquecerão do que você disse... esquecerão do que você fez...
Mas elas nunca esquecerão do que você as fez sentir".

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Simplesmente Feijão!!!

Olá,
Bom, pra você que me pediu para ensinar a fazer feijão (senão ia perder o marido, rs), meninas que acabaram de se casar , rapazes que moram sozinhos... o primeiro passo é ter uma panela de pressão. Caso não saibam o que é, aqui vai uma ilustração........ Haaahahaha!!!!
CUIDADOS NO MANUSEIO:
- tampar de forma correta, observando sempre se está bem encaixada a tampa e bem presa à panela (varia muito de acordo com o modelo, siga as instruções).
- nunca abrir a panela sem antes ter saído toda pressão.
- depois que pegar pressão, abaixar o fogo ( economiza gás, e evita acidentes)
COMO COZINHAR O FEIJÃO:
- lave o feijão ( 1kg).
- coloque na panela de pressão com 4 litros de água.
- tampe, e assim que começar a pressão abaixe o fogo.
- depois de 15 minutos desligue e deixe a panela fechada ate acabar a pressão.
- pronto... o feijão esta cozido, segue um video com maiores explicações e dicas!!!

video

O segredo da vida longa…


Oi gente... só para distrair um pouco, achei essa "paiada" ótima...
Um médico estava fazendo sua caminhada matinal quando viu uma velhinha sentada no degrau de sua varanda fumando um cigarro.
Curioso, ele foi até ela e perguntou:
“Não pude deixar de notar como a senhora parece feliz! Qual o seu segredo?”
“Eu fumo 10 cigarros por dia” ela respondeu. “Antes de ir pra cama eu fumo um grande baseado. Fora isso, eu bebo uma garrafa de Jack Daniels toda semana e só como besteiras. Nos finais de semana, tomo pílulas, faço sexo e não faço nenhum exercício físico”
O médico espantando:
“Isso é extraordinário! Quantos anos a senhora tem?”
“Trinta e quatro” ela respondeu.
Beijos Clarinha.

Este sexo é feminino *

Olá pessoal... Eu achei esse texto e logo, imediatamente, resolvi publicá-lo aqui no blog!!! Espero que vocês gostem. Qualquer semelhância é mera conhecidência.

bjss




Carol acordou às seis, arrumou as crianças, levou-as para o colégio e voltou para casa a tempo de dar um beijo burocrático em Artur, o marido, e de trocarem cheques, afazeres e reclamações. Fez um supermercado rápido, brigou com a empregada que manchou seu vestido de seda, saiu como sempre apressada, levou uma multa por estar dirigindo com o celular no ouvido e uma advertência por estacionar em lugar proibido, enquanto ia, por um minuto, ao caixa automático tirar dinheiro.
No caminho do trabalho batucava ansiedade no volante, num congestionamento monstro, e pensava quando teria tempo de fazer a unha e pintar o cabelo antes que se transformasse numa mulher grisalha. Chegando ao escritório, foi quase atropelada por uma gata escultural que, segundo soube, era a nova contratada da empresa para o cargo que ela, Belinha, fez de tudo para pegar, mas que, apesar do currículo excelente e de seus anos de experiência e dedicação, não conseguiu. Pensou se abdomem definido contaria ponto, mas logo esqueceu a gata, porque no meio de uma reunião ligaram do colégio de Clarinha, sua filha mais nova, dizendo que ela estava com dor de ouvido e febre. Tentou em vão achar o marido e, como não conseguiu, resolveu ela mesma ir até o colégio, depois do encontro com o novo cliente, que se revelou um chato, neurótico, desconfiado e com quem teria que lidar nos próximos meses.
Saiu esbaforida e encontrou seu carro com pneu furado. Pensou em tudo que ainda ia ter que fazer antes de fechar os olhos e sonhar com um mundo melhor. Abandonou a droga do carro avariado, pegou um táxi e as crianças.
Quando chegou em casa, descobriu que tinha deixado a porra da pasta com o relatório que precisava ler para o dia seguinte no escritório! Telefonou para o celular do marido com a esperança que ele pudesse pegar os malditos papéis na empresa, mas a bosta continuava fora de área. Conseguiu, depois de vários telefonemas, que um motoboy lhe trouxesse a porra dos documentos. Tomou uma merda de banho, deu a droga do jantar para as crianças, fez a porcaria dos deveres com os dispersos e botou os monstros para dormir. Artur chegou puto de uma reunião em São Paulo , reclamando de tudo. Jantaram em silêncio. Na cama ela leu metade do relatório e começou a cabecear de sono. Artur a acordou com tesão, a fim de jogo.. Como aqueles momentos estavam cada vez mais raros no casamento deles, ela resolveu fazer um último esforço de reportagem e transar. Deram uma meio rápida, meio mais ou menos, e, quando estava quase pegando no sono de novo, sentiu uma apalpadinha no seu traseiro com o seguinte comentário: - Tá ficando com a bundinha mole, Belinha... deixa de preguiça e começa a se cuidar.. Belinha olhou para o abajur de metal e se imaginou martelando a cabeça de Artur até ver seus miolos espalhados pelo travesseiro! Depois se viu pulando sobre o tórax dele até quebrar todas as costelas! Com um alicate de unha arrancou um a um todos os seus dentes depois deu-lhe um chute tão brutal no saco, que voou espermatozóide para todos os lados! Em seguida usou a técnica que aprendeu num livro de auto-ajuda: como controlar as emoções negativas. Respirou três vezes profundamente, mentalizando a cor azul, e ponderou.
Não ia valer a pena, não estamos nos EUA, não conseguiria uma advogada feminista caríssima que fizesse sua defesa alegando que assassinou o marido cega de tensão pré-menstrual... Resolveu agir com sabedoria. No dia seguinte, não levou as crianças ao colégio, não fez um supermercado rápido, nem brigou com a empregada. Foi para uma academia e malhou duas horas. De lá foi para o cabeleireiro pintar os cabelos de acaju e as unhas de vermelho. Ligou para o cliente novo insuportável e disse tudo que achava dele, da mulher dele e do projeto dele. E aguardou os resultados da sua péssima conduta, fazendo uma massagem estética que jura eliminar, em dez sessões, a gordura localizada. Enquanto se hospedava num spa, ouviu o marido desesperado tentar localiza-lá pelo celular e descobrir por que ela havia sumido. Pacientemente não atendeu. E, como vingança é um prato que se come frio, mandou um recado lacônico para a caixa postal dele. - A bunda ainda está mole. Só volto quando estiver dura. Um beijo da preguiçosa...


*(Extraído do livro: Este sexo é feminino /Patrícia Travassos).

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Nosso 1º mês!!!

Oi gente,
nesse sábado, 12 de setembro, completamos nosso primeiro mês de blog!!!Com mais de 1.600 acessos... Queríamos agradeçer a todas e "todos" pelas visitas, e tambem pela paciência, já que não somos "experts" no assunto e muito menos grandes escritoras, rsrs!!!Esta sendo muito divertido e gostoso dividir com vocês desabafos, receitas, curiosidades e tudo mais... e o melhor são os comentários!!!!Por isso comentem SEMPRE!!!!

Beijos


Clarinha, Cissa e Fatima.



domingo, 6 de setembro de 2009

Quem sou eu

Aprendi com um uma amiga que aprendeu com um amigo, “que a gente é o que a gente gosta. Somos nossa comida preferida, nossas músicas, nossos filmes. Os lugares que a gente curte, os amigos que fazemos, o esporte que escolhemos. Somos a estação do ano e passatempos prediletos. Como ele diz, pouco importa de onde viemos e para onde vamos, mas, quem somos, é crucial descobrir.” *
Eu amei a idéia e resolvi tentar.
Olha só no que deu:


“Sou paz.
Da guerra sou a luta, o motivo, a razão. Sou contra injustiça, ingratidão, e preconceito. Sou sozinha, sou silêncio.
Sou solidão.
Sou organizada, metódica, sou cheia de manias.
Sou atrapalhada, desastrada, sou não às regras feitas e coisas prontas.
Sou fazer, criar, pintar, bordar e costurar.
Sou desobediente, sou triste frequentemente.
Sou dor no peito, nas costas, no braço, nos ombros, nas pernas...
Sou médico, regime, bronquite, sou rinite.
Sou muito exame e raio-x.

Sou amigos e amigas, sou parceira pra toda obra.
Sou pensamento e razão, mas me vêem pura emoção.
Sou grossa de vez em quando. Sou não beijinho, sou oi de longe.
Sou paixão.
Sou pavio curto, mas sou paciente.
Aliás, sou sempre paciente, cliente, atendente....
Sou mal entendida, e muito incompreendida.
Sou quebrar as coisas, sou jogar no chão, sou limpar a cara e partir pra outra.
Sou insegura, quase sempre, mas enfrento um leão se estiver em minha frente.

Sou família e não abro mão.
Já fui neta e filha. Hoje sou irmã e irmão.
Sou casada, apaixonada, ciumenta...sou um furacão.
Sou feminista, sou sempre mais a mulher.
Sou menina, rosa, lilás, sou pink.
Sou força e fé.
Sou não a ordens, horários e compromissos.
Sou momento.
Sou chave esquecida, hora perdida, conta sumida, leite derramado.
Sou celular sem bateria, carro sem gasolina.
Sou tempo.
Sou de Lua. Já fui noite e hoje sou totalmente dia.
Sou falar rápido, sou repetição.
Sou de assustar com meu próprio cabelo, procurar algo que está em minhas mãos, sou esquecimento. Sou novamente solidão.
Sou mais carro que avião.

Dos livros sou a capa, dos filmes as lágrimas.
Sou “Sociedade dos poetas mortos”, “De porta em porta”, “Homem de Família”.... Sou “Lendas da Paixão”.
Sou internet, e-mail, blog, sou Harry Potter.
Sou fotografia, retratos, montagens, sou imagens.
Sou sinceridade.
Sou pipoca com vinagre, sou coca e chocolate.
Sou carne, porco, peixe e pão.
Sou comer muito até passar mal.
Sou caminhar só em pensamento.

Sou fita, sou cassete, sou música, sou chicletes.
Sou Tião Carreiro, samba e pagode. Sou bateria de escola de samba.
Sou coisas antigas, lembranças, sou esperança.
Sou Indaiatuba sem par.
Sou alma sombria, encanto e poesia.
Sou hino, crônica, sou texto, sou Veríssimo.
Da TV eu sou novela, reality show, Big Brother, sou 24 horas pay per view.
Sou 10 anos mais jovens, sou puro drama real.

Da casa sou cozinha, faxina, sou cama e almofada.
Sou panelas, bandejas, pratos, sou pano de prato, sou colher de pau.
Sou top ware, sou plástico.
Sou muita gente, festa, sou churrasco.
Da praia eu sou o mar, a brisa, a areia...
Já fui muito sol, e agora sou só guarda-sol.
Sou fazenda, fogão à lenha, sou campo e flor.
Sou novamente dor.
Sou cachorro, sou cavalo. Não sou nem um pouco gato.
Dos insetos eu sou o “sapo”.
Sou roupa, sapato, sou fato.

Sou criança, fada-madrinha, sou massinha.
Sou terra, barro, sou forminha.
Sou Cecília, sou Maria.
Sou paisagem.... ilha, sou pilha.
Sou filha sem mãe.
Sou mãe (sem filha).”


Escolhi essa data para postar esse texto para vocês, espero que tenham gostado, pois é o meu preferido. Bom, essa sou eu. E você quem é???

* aprendi isso com minhas colegas meigas do blog www.eusousensivelsim.blogspot.com

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Frase do dia...


Porque o amor e a vida são feitos de altos e baixos...
"Ama-me quando eu menos merecer, pois é quando eu mais irei precisar"
(Autor Desconhecido)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails